Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

TWITTER NA LUSA


A Agência Lusa veicula hoje takes sobre o Twitter em Portugal.
Com a devida vénia, divulgo aqui dois deles com os devidos créditos.
Prestei declarações numa das notícias.
:-)

Lisboa, 20 Fev (Lusa) - Diversos políticos, jornalistas e músicos portugueses estão presentes na plataforma de comunicação virtual Twitter, de acordo com a lista TwitterPortugal, sendo que todos justificam a decisão com a necessidade de comunicar de forma rápida e eficaz.

O TwitterPortugal, ferramenta impulsionada pelo jornalista Paulo Querido que agrupa algumas contas de portugueses no Twitter, tem disponível uma lista de utilizadores do serviço por sector de actividade e que incorpora, por exemplo, escritores, médicos, designers e deputados à Assembleia da República.

De acordo com o TwitterPortugal as páginas dos humoristas Nuno Markl e Bruno Nogueira, do jornal Público e da Presidência da República são as que têm maior número de seguidores, sendo de reparar que, por exemplo, a página do Público tem perto de 40.000 entradas ao passo que a do chefe de estado aproximadamente 100.

Hermínio Loureiro, deputado do Partido Social Democrata e presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, definiu-se à agência Lusa como um "novato" no Twitter, ressalvando, no entanto, que a sua presença na plataforma "é para continuar".

A entrada do político na plataforma deveu-se em primeira instância à "curiosidade" que a mesma tem vindo a suscitar, defendendo Hermínio Loureiro o Twitter como canal de aproximação entre políticos e cidadãos.

"O exercício da actividade política justifica uma relação de proximidade com os eleitores, funcionando a Internet e estes novos canais de comunicação como ferramentas essenciais no suporte dessa relação", explicou à Lusa.

Já o jornalista Daniel Catalão, da RTP, definiu o Twitter como "uma das invenções mais extraordinárias dos últimos tempos na Internet".

Em matéria jornalística, Daniel Catalão reconhece o Twitter como uma plataforma de pertinência cada vez mais vincada.

"O Twitter foi extraordinário como fonte nos atentados em Bombaím, na guerra recente em Gaza e na amaragem [de um avião] no rio Hudson", exemplificou o jornalista responsável da RTP pela rubrica "Dicas de Internet".

Rendido à plataforma, Daniel Catalão sublinha que "hoje, não twittar, é como estar fora do mundo".

"Indubitavelmente, este ano vai ser o ano do Twitter", sublinhou ainda.

Também Paulo Segadães, fotógrafo e baterista dos The Vicious Five, grupo rock de Lisboa presente no Twitter, considera que a plataforma "pode ser uma ferramenta óptima para os músicos em geral".

"O Twitter é mais uma ferramenta como o Myspace ou o Facebook, mas a um nível mais limitado, o que se calhar é isso mesmo que lhe dá graça", admitiu à Lusa.

Na visão de André Covas, guitarrista dos bracarenses Peixe:Avião, também com página no Twitter, "as novas comunidades na Internet são uma óptima forma dos músicos chegarem ao público".

"Aderimos ao Twitter pela rapidez com que podemos transmitir algo às pessoas que nos seguem, seja uma notícia sobre a banda ou algo que queiramos partilhar com o resto das pessoas", disse.

Também presente no Twitter, o historiador Raul Pereira descreveu "a verdadeira interacção entre cidadãos e figuras públicas" e a "comunicação directa, sem intermediários, com as personalidades" como elementos da recente ascensão da Twittosfera portuguesa.

Raul Pereira lembra "a chegada de grandes nomes da blogosfera ou mesmo de contas oficiais de blogues, como o Arrastao, a Jugular ou o 31darmada, referindo que “os blogues são muito importantes, na medida em que possuem ligações directas às suas contas no Twitter nas suas páginas principais e geram tráfego nos dois sentidos".

PZF/PMC.

Lusa/fim


Lisboa, 20 Fev (Lusa) - Pelo menos 10 mil portugueses já aderiram à ferramenta de comunicação pela Internet Twitter e as adesões estão a crescer cada vez mais, disse à Lusa o jornalista Paulo Querido, responsável pela listagem da TwitterPortugal.

Apesar de não conseguir medir "todos os registos" de novos twitters criados por portugueses, Paulo Querido estima que, de momento, existam pelo menos "8.000 a 10.000 contas [criadas] por portugueses, das quais 5.000 a 7.000 activas numa base semanal".

Segundo o jornalista, que é responsável pela TwitterPortugal, ferramenta que lista os utilizadores portugueses da plataforma, em janeiro de 2008 o número de novos utilizadores registados em Portugal foi 57.

No mesmo mês deste ano, esse número era seis vezes maior, chegando aos 380.

A Presidência da República aderiu no passado mês de Janeiro ao Twitter, reconhecendo a plataforma em nota de imprensa como "uma nova forma de acompanhamento da actualidade do Presidente da República, a sua agenda, intervenções, visitas e outras iniciativas".

"O desenvolvimento desta rede social tem vindo a ser observada pela Presidência da República, sendo considerada importante uma presença num espaço de partilha de informação com crescente utilização por parte dos utilizadores portugueses”, sublinha a nota.

Paulo Querido confere "alguma importância" à presença da Presidência da República no Twitter "pois foi notícia, logo levou mais gente (e os próprios media) a darem maior atenção a esta rede social".

Mesmo assim o jornalista não apelida a iniciativa de "decisiva" no crescimento da comunidade Twitter em Portugal.

"Primeiro, o actual surto de interesse e de novas adesões iniciou-se mais cedo, na semana entre o Natal e o Ano Novo [de 2008], quando alguns bloggers aderiram e falaram do Twitter nos seus blogs. Segundo, porque tivemos a entrada, ou a reactivação de contas, de humoristas populares, como o Nuno Markl, que trouxeram uma legião de fãs", remata Paulo Querido.

O Twitter é actualmente uma das redes sociais com maior número de utilizadores na Internet, segundo a empresa de análise de tráfego da Web Compete, que classifica a plataforma de comunicação como a terceira na lista de redes sociais mais populares entre os norte-americanos.

Na lista do ano passado, a plataforma ocupava a 22ª posição, sendo este ano apenas ultrapassada pelas redes sociais Facebook e MySpace.

A rede social Twitter nasceu em Março de 2006 nos EUA e consiste numa comunidade on-line formada em torno da pergunta: "O que estás a fazer neste momento?".

O sistema permite o envio pequenas mensagens até 140 caracteres, funcionando como um 'microblog'.

As mensagens, enviadas em tempo real, podem ser escritas a partir da Internet ou do telemóvel, sendo que numa fase posterior o utilizador pode escolher seguir diversos utilizadores da plataforma, acompanhando o seu dia-a-dia.

PZF/PMC.

Lusa/fim

== PODEM VER UM POST ANTERIOR COM A HISTÓRIA DO TWITTER AQUI ==
publicado por Dani às 16:07
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

posts recentes

Pesquisar no Google usand...

IKEA - catálogo 2013 com ...

SÃO JOÃO

Como funciona a internet?

François Hollande Preside...

Aeroporto Saint Martin

Óculos Microsoft (Paródia...

Óculos Google

Impressora 3D de chocolat...

iPad3 - iPad HD

arquivos

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

tags

todas as tags

favoritos

Choro

Facebook

Daniel Catalão

Create Your Badge

subscrever feeds